Contra Chikungunya, Dengue e Zika: use o repelente!


Use o repelente! Esse é o mote da campanha realizada pela Liga da Saúde contra Chikungunya, Dengue e Zika, doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti. A Liga da Saúde é uma parceria entre o curso de Medicina da Fagoc, a Unimed, a Associação Médica de Ubá e Região (Amur), a Agência de Desenvolvimento de Ubá e Região (Adubar), a Prefeitura Municipal de Ubá e o Intersind.

 

O grupo optou por uma abordagem diferente das campanhas veiculadas pelos governos Federal e Estadual, que direcionaram as ações para a redução dos focos de água parada. A campanha da Liga da Saúde aposta na proteção individual com o uso do repelente.

 

 

Boletim Epidemiológico de Monitoramento dos casos de Dengue, Chikungunya e Zika Vírus, lançado no final de dezembro de 2017, mostra que o estado de Minas Gerais registrou, no ano passado (até 18 de dezembro), 28.200 casos prováveis (casos confirmados + suspeitos)  de Dengue, 16.876 de Chikungunya e 746 de Zika Vírus. No período, 26 mortes pelas doenças foram confirmadas e outras 21 estão sob investigação. Boletim divulgado no dia último dia 8 de janeiro mostra que em 2018, até o momento, foram registrados 93 casos prováveis de Dengue e nove de Chikungunya.

 

Para auxiliar no combate às doenças causadas pelo Aedes Aegypti, a Liga da Saúde preparou uma cartilha com dicas de como utilizar o repelente de forma correta e segura. Confira!