Internacionalização: Fagoc firma convênio com a Berkeley


A Fagoc firmou parceria com a Universidade de Berkeley, na Califórnia, Estados Unidos. O convênio assinado garante aos alunos e professores prioridade nas matrículas em cursos de verão (Berkeley Summer Sessions) da universidade. Os interessados deverão se candidatar nos cursos a partir de segunda-feira (1º). Estudantes que não são alunos da Fagoc também podem procurar a faculdade para se inscrever em cursos oferecidos pelas instituições conveniadas.

curso de verão berkeley

Foto: Divulgação/Berkeley 

Mais de 16 mil estudantes frequentam a Berkeley durante o verão norte-americano. O programa Summer Sessions oferece mais de 600 cursos, em uma ampla variedade de áreas. Clique aqui e veja a lista completa de cursos que serão ofertados em 2016. As qualificações acontecem de três, seis, oito e dez semanas.

De acordo com o superintendente acadêmico da Fagoc, Marcelo Daibert, “o objetivo é possibilitar ao aluno estudar fora do Brasil durante seu curso de graduação, enriquecendo sua experiência pessoal e profissional”. Daibert já adianta quais os três primeiros passos para começar essa viagem...

  1. Primeiro: você vai sair do país e para isso é preciso ter um passaporte.

  2. Na maioria dos países, até mesmo na França, eles vão exigir proficiência em algum idioma. O idioma mais pedido é o inglês. Eles pedem um teste, que chama TOEFL, que pode ser feito por meio do site ets.org. É preciso ser aprovado para ganhar um certificado de proficiência de inglês para estudar fora do país.

  3. É necessário ter o visto. Muitos países solicitam visto de permanência no país, mesmo para estudos. Nos EUA, por exemplo, é obrigatório.

Além dessas orientações, o interessado pode verificar as etapas do processo de inscrição no documento enviado pela Berkeley. O guia inclui o link para a inscrição on-line e explicações detalhadas. Clique aqui e confira.

Internacionalização

O convênio com a Berkeley foi idealizado em uma viagem feita pelo Diretor Geral da Fagoc, Marcelo Andrade, ao Vale do Silício, em outubro de 2015. Ele conta que essa parceria é um passo importante para a instituição. “Um dos requisitos que o Ministério da Educação (MEC) exige é ainternacionalização e conseguimos nosso primeiro convênio internacional com a universidade de Berkeley, que é referência no mundo todo com excelência em educação”.

convênio berkeley

Diretor Geral da Fagoc, Marcelo Andrade, e sua esposa Adriana também visitaram Stanford, outra Universidade na Califórnia. (Foto: Marcelo Andrade/Arquivo Pessoal)

A Fagoc também estabeleceu parceria com a agência governamental francesa Campus Franceresponsável pela promoção do ensino superior, acolhimento e mobilidade internacional no país europeu. Também foi firmada parceria com a Campus Brasil, que fomenta a internacionalização em qualquer lugar do mundo, e com a rede global EducationUSA. A Fagoc ainda está em contato com instituições do Canadá e da Austrália em busca de novos convênios.