Atendimento via chat
Atendimento via chat

Segunda Mostra Audiovisual de Jornalismo divulga melhores trabalhos acadêmicos


Os alunos de todos os períodos de Jornalismo da Fagoc se reuniram, nesta quarta-feira (28), para conhecerem os trabalhos premiados na segunda edição da Mostra Audiovisual de Jornalismo (MAJÔ). Neste ano, os estudantes produziram vídeos sobre diferentes assuntos, com a orientação dos professores.

“A ideia é que se promova um evento competitivo para que se aprimore a captação de imagem, de som, de edição e das técnicas jornalísticas aplicadas no audiovisual. Mas o mais importante é essa mistura de ideias, turmas, períodos e disciplinas em uma mostra audiovisual de jornalismo”, explica o coordenador do curso, Raul Carneiro.

 



O grupo "Marv", integrado pelas alunas Andreza, Raynara, Maria Júlia e Valnice, foi o primeiro colocado na Mostra. As acadêmicas intitularam o trabalho como "Woman: um sonho pela igualdade", em que apresentaram relatos de mulheres que já sofreram algum tipo de preconceito. 

"A gente dedica esse trabalho ao professor Diego, nosso orientador. Ele sempre nos incentiva a ser comunicadores melhores, não fazer matérias simplesmente por fazer, mas quebrar tabus, falar das coisas que as pessoas não falam. A gente tem uma responsabilidade social, de levar questionamentos, de falar sobre coisas que precisam ser faladas", destaca Andreza, que oferece o prêmio também a todos os colegas pela dedicação nos trabalhos.

 

"Despacito" foi o nome do grupo que ficou em segundo lugar. As integrantes Ariad, Lavínia, Natália e Maria Eduarda apresentaram alguns casos de transexuais, mercado de trabalho e preconceito da classe LGBT

“O melhor de tudo nem foi ganhar, mas conhecer essas histórias. Foi muito engrandecedor. Nós aprendemos muita coisa; eu, particularmente, ainda mais. A gente acaba falando que não tem preconceito, mas tem sim. Eu tinha preconceito e, até o momento que eu terminei esse trabalho, aprendi que essas pessoas são muito guerreiras e merecem o nosso respeito”, confessa a estudante Maria Eduarda. 

 

O terceiro lugar foi para "Amanda Só Love", nome do trabalho apresentado pela estudante Amanda Pacelli. Ela, que optou em desenvolver a atividade sozinha, produziu o vídeo "Mercado de Praia". No trabalho, gravado no Rio de Janeiro, Amanda entrevistou alguns trabalhadores que exercem diferentes profissões à beira mar. 

“Foi difícil. Mas valeu muito a pena. Agora o troféu é só meu!", brinca. "Jornalismo é minha paixão. Eu respiro jornalismo. É por amor!", conclui.

 

 

Vale lembrar que todos os alunos, divididos em grupos, produziram vídeos e que a comissão avaliadora foi composta pelos professores e coordenação do curso. Ao todo, 14 produções tiveram participação nesta edição do MAJÔ, mas somente as cinco com maior pontuação foram exibidas.