Atendimento via chat
Atendimento via chat

02 de abril - Dia Mundial de Conscientização do Autismo

Reflexões sobre a inclusão no ensino superior


O autismo é um transtorno do Neurodesenvolvimento e que traz prejuízos na linguagem, na comunicação verbal e interação social. Segundo a Organização Mundial de Saúde, estima-se que 70 milhões de pessoas no mundo tenham Transtorno do Espectro Autista (TEA). No Brasil, o número de casos de autismo ultrapassa 2 milhões.

 

Segundo pesquisas científicas, ainda não foi possível desenvolver a cura para o autismo e as causas são incertas, mas após o diagnóstico é possível desenvolver habilidades que estão em defasagens por meio de terapias com profissionais da fonoaudiologia, psicologia e psicopedagogia e outros, dependendo da necessidade da criança. Esses profissionais estão preparados para trabalhar questões da linguagem e comunicação verbal, interação social e comportamento através da terapia cognitiva comportamental. A psicopedagoga irá trabalhar com a criança autista questões relacionadas ao aprendizado e orientará os professores de como devem realizar as atividades pedagógicas em sala de aula e desenvolver a interação com os demais colegas.

 

A Fagoc junto ao Núcleo de Atendimento ao Estudante (NAE) criou, em 2017, o Núcleo de Acessibilidade Fagoc (NAF), que é composto por uma Psicopedagoga, uma Atendente Educacional Especializado e uma Intérprete de LIBRAS. Além dos alunos com necessidades educacionais especiais, o NAF atende, também, alunos com TEA.

 

É realizado o acolhimento pedagógico e psicopedagógico do aluno e da família; a elaboração de plano de estratégias individuais do aluno; o acompanhamento na produção de material adaptado e a verificação do desempenho acadêmico por meio do SIGA.


Nos atendimentos semanais, os alunos recebem orientações com estratégias de estudos, rotinas para organização e planejamento de suas atividades, estudos dirigidos  em livros, revistas e artigos a fim de desenvolverem o hábito de leitura. Os coordenadores e professores também são orientados sobre qual melhor estratégia de ensino a ser trabalhada em sala de aula. 


A Fagoc sabe da importância da inclusão dos alunos e conscientização da comunidade acadêmica e social. A instituição trabalha sempre com o objetivo de desenvolver, nos alunos de inclusão, uma aprendizagem significativa para, assim, terem mais autonomia e reconhecimento na profissão escolhida.