Atendimento via chat
Atendimento via chat

1º Simpósio de Atendimento Educacional Especializado reúne cerca de 800 pessoas


 

Aconteceu, neste sábado (04), o primeiro Simpósio de Atendimento Educacional Especializado,  evento com o objetivo de contribuir para os estudos e reflexões acerca das Políticas Inclusivas que garantem o acesso de crianças e adolescentes com necessidades especiais a um ensino de qualidade. A iniciativa foi realizada nas dependências do Sesi Ubá e contou com cerca de 800 pessoas de mais de 25 cidades da região.

Na entrada, foram recolhidos alimentos não perecíveis. Os itens arrecadados foram encaminhados para Centro Educacional Especializado (CAEE) Professora Maria Aparecida Condé e para a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) do município.

Representante do MEC, Meiriene Cavalcante, durante sua fala

Foram várias palestras sobre temas relacionados à inclusão e educação, com destaque para a fala do psicólogo Thiago do Vale Costa, sobre a Psicologia Escolar e Educação Inclusiva; o técnico em educação Paulo Rodrigues, que abordou o uso da tecnologia assertiva na educação e sociabilização de crianças com necessidades especiais; além da representante do Ministério da Educação - MEC - Meiriene Cavalcante que falou sobre a implementação da política Nacional de Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva.

Durante o evento, foram homenageadas algumas pessoas que viabilizaram a promoção do simpósio, bem como aquelas que realizam algum tipo de trabalho em apoiam ao Atendimento Educacional Especializado, sendo elas: a convidada Meiriene Cavalcante; o diretor geral da Fagoc, Marcelo Andrade; a diretora da Apae Ubá, Valdênia Rufato; a diretora do CAEE de Ubá, Valéria Monteiro; a professora Maria do Carmo Mello Coelho; e a mãe de um aluno atendido pela Apae Ubá, Mariana Sereza da Silveira. O momento foi marcado pela participação da aluna com necessidade especial Bárbara Palma Carvalho Campos que fez a leitura de texto de sua autoria.

Os homenageados com o troféu de honra ao mérito

Esporte e inclusão também foi um assunto de destaque durante a simpósio pela participação do professor de educação física Juliano José Pereira, que atua na Apae Ubá e da estudante da Fagoc Mariana Batista Rufino que fez considerações sobre o assunto a partir da pesquisa realizada por ela no programa de Iniciação Científica.

O superintendente acadêmico da Fagoc, Marcelo Daibert, também participou do evento com uma fala sobre a legislação relacionada à Educação Inclusiva e apresentou as ações desenvolvidas pela instituição em atendimento a essas normas. Outros momentos foram a participação de Giane da Silva Leite, formada em Psicopedagogia Clínica e Institucional na Fagoc, que destacou a importância do psicopedagogo na inclusão, e a fala do psiquiatra doutor José Alencar Ribeiro Neto, que falou sobre os sintomas e tratamentos do Autismo.

Clique aqui e veja todas as fotos.

Assista ao vídeo com a cobertura da TV Fagoc...