Atendimento via chat
Atendimento via chat

Curso de Direito promove debate sobre a questão jurídica no contexto político do Brasil


Os alunos do curso de Direito da Fagoc participaram de um debate conduzido por professores do curso, que discutiu as implicações jurídicas dos fatos que têm movimentado a política nacional nos últimos dias. Sigilo advogado-cliente, presunção de inocência, escutas telefônicas, foro privilegiado figuraram entre os assuntos tratados no encontro realizado nesta quinta-feira (17), na sala de Multimeios.

debate político na faculdade

 Os professores: Clarissa Machado, Rubens Caneschi, Carlos Augusto Murrer, Bruno Salles e Marcos Oliva.  

"A proposta é trazer a questão jurídica do que está acontecendo, tanto da questão do impeachment da presidente do Brasil, quanto das escutas telefônicas divulgadas na mídia. O acadêmico de Direito precisa desse olhar mais crítico e técnico sobre o momento em que se encontra a política no país", ressalta o professor Carlos Augusto Motta Murrer. 

No vídeo abaixo, o docente opina a respeito do tema...

"É no meio acadêmico que esses debates podem moldar nossas falas fora do campus, com nossa família, no ambiente de trabalho. Nós temos o dever de externar nossas opiniões com consciência jurídica, com ética e responsabilidade. Temos o dever de fazer a diferença!", afirma a coordenadora do curso de Direito, Luciene Rinaldi Colli.

Uma das alunas, ao final do encontro, reforçou a importância de discutir o assunto na faculdade. "Somos o futuro do país! Futuros delegados, advogados, juízes, promotores, membros da OAB. Trabalharemos para um país mais justo", defende Bárbara Passarôtto.
  

Na foto: Carlos Augusto Murrer, Luciano Machado, Marcos Oliva, Clarissa Machado, Luciene Colli, Bruno Salles e Rubens Caneschi.