Atendimento via chat
Atendimento via chat

Desempenho do Direito Fagoc no Exame da OAB é maior que média de Minas Gerais

A faculdade ubaense atingiu maior média na porcentagem de aprovados e nos resultados das maiorias das disciplinas nas últimas edições do Exame. Notícia foi destaque no G1.


O curso de Direito da Fagoc obteve resultado superior nos últimos Exames da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) comparado às médias do estado de Minas Gerais.

 

De acordo com documento emitido pelo Conselho Federal da OAB, a faculdade ubaense ficou acima da média estadual na porcentagem de aprovados e nos resultados das maiorias das disciplinas na primeira fase das edições realizadas em 2018.

 

A Fagoc obteve 37,5% de aprovação na primeira fase da XXV edição do exame, enquanto a média das Instituições de Ensino Superior (IES) mineiras foi de 28,46%. Já na XXVI edição, a porcentagem de aprovados da Fagoc na primeira fase foi de 40,48%, quase 10% a mais que a média estadual.

 

A média geral da Fagoc nas notas das disciplinas também foI superior à média do estado. A faculdade atingiu 46,25% de média, enquanto o estado registrou 44,52% na XXV edição.

 

Na primeira fase do exame subsequente, o resultado foi de 47,44% de média da Fagoc, 2,31% a mais que a média mineira, que alcançou 45,13%. Isso porque das 17 disciplinas que compõem o exame, em 13, o curso de Direito da Fagoc ficou acima da média estadual. São exemplos as disciplinas Direito Constitucional, Direito Tributário e Filosofia do Direito, em que a faculdade de Ubá atingiu 4,3%; 4,17% e 7,36% a mais, respectivamente, que o percentual do estado.

 

Em disciplinas como Direito Penal, Direito Processual Civil, Direito Empresarial e Estatuto OAB/ Regulamento / Código de Ética, a Fagoc se manteve acima da média estadual nas duas edições supracitadas.

 

O bom desempenho da Fagoc também é uma realidade na segunda fase do exame. Na XXV edição, por exemplo, foram 84% de aprovação. A coordenadora do curso, Luciene Rinaldi Colli, comemora os bons resultados e afirma que são reflexos da preparação oferecida pelo corpo docente, além dos simulados em que os alunos resolvem questões dissertativas como as da prova da OAB.

 

“As médias obtidas pelo curso de Direito representam para nós, professores, uma constatação de que o caminho do ensino jurídico responsável, ético e humanista tem sido bem trilhado pelos nossos alunos, o que reforça nossos ideais acadêmicos de ensinar, pesquisar e aprender sempre. Para a Fagoc, representa o resultado exitoso de todos os esforços institucionais voltados para manter um curso de qualidade e formar profissionais competentes”, afirma Luciene.

 

 

A graduação de Direito da Fagoc iniciou suas atividades em fevereiro de 2012 e conquistou conceito 5, nota máxima, no processo de reconhecimento de curso realizado pelo Ministério da Educação (MEC), no ano de 2016.

 

“Manter uma nota máxima é um desafio enorme que nos impele a buscar o aperfeiçoamento das práticas acadêmicas, com a valorização do professor e o aprimoramento das práticas docentes, o aumento dos trabalhos de pesquisa e a implementação da extensão de maneira institucionalizada” finaliza a coordenadora.

 

 

Desempenho do Direito Fagoc no Exame da OAB é maior que média de Minas Gerais ? Foto: Divulgação

Alunos do curso de Direito da Fagoc aprovados no Exame da OAB: Bruno Cássio, Talline de Almeida, Mayra Fernandes, Rhuan Campos e Luana Paula. (Foto: Maycon Douglas Henrique | Núcleo de Comunicação Fagoc).

 

Desempenho do Direito Fagoc no Exame da OAB é maior que média de Minas Gerais ? Foto: Divulgação

Alunos da Fagoc aprovados no Exame da Ordem, Pablo Paulo da Silva, Franciane Teixeira de Oliveira, Deysiane Clarisse de Souza, Renato César Giacomini, Mariane Lopes Martins, Thales de Melo Silva Lopes, Drielly Faria de Paula Leão, Marlus Rodrigues de Magalhães, Jaqueline da Rocha Médis, Filipe Gonçalves Schiavon e Lucas Rodrigues de Magalhães. Foto: Maycon Douglas Henrique/Núcleo de Comunicação Fagoc

 

A aprovação no Exame de Ordem é requisito necessário para a inscrição nos quadros da OAB como advogado, além de ser uma prova que os bacharéis de Direito se submetem, por força de lei, a fim de demonstrarem que possuem a capacitação, os conhecimentos e as práticas necessárias ao exercício da advocacia.

 

Para um dos alunos da Fagoc aprovados no XXV edição do exame, Filipe Schiavon, a preparação e concentração são chaves para superar a dificuldade da prova. “A preparação se inicia no primeiro dia de aula, então é muita luta, é preciso levar a sério cada dia na faculdade e absorver o máximo de conhecimento dos nossos professores”, afirma Filipe que foi aprovado mesmo antes de concluir a graduação.