Atendimento via chat
Atendimento via chat

Faculdade de Medicina do UNIFAGOC investe em Plano de Melhorias Acadêmicas

PMA foi desenvolvido após uma consultoria realizada pela professora Sandra Helena Cerrato Tibiriçá, referência no ensino médico nacional


Autorizado pelo Ministério da Educação com nota 4, numa escala em que 5 é a pontuação máxima, o curso de Medicina do Centro Universitário UNIFAGOC já formou mais de 50 novos médicos somente neste ano, quando a graduação completa o ciclo de 6 anos. Com o objetivo de atualizar alguns pontos nesse novo momento da Faculdade de Medicina, o Grupo Diretivo do UNIFAGOC iniciou um Plano de Melhorias Acadêmicas, em parceria com a professora  Sandra Helena Cerrato Tibiriçá, Médica Pediatra intensivista e Especialista em Educação Médica.

 

"A Instituição possui ótimas instalações físicas, um excelente laboratório de habilidades com manequins de primeira geração e um corpo docente bastante qualificado e envolvido  com o ensino. A parceria com a rede de atenção à saúde é uma fortaleza que permite a inserção do estudante na realidade do sistema de saúde. A gestão se mostrou atenta às necessidades dos estudantes com vistas a uma formação integral e qualificada"destaca Sandra Helena. 

 

O vice-reitor do UNIFAGOC, Leonardo Couto, evidencia a importância da contribuição da especialista supracitada no trabalho que já está sendo desenvolvido.  “A professora é referência nacional no ensino médico e possui uma visão moderna, com um conhecimento profundo e metodologias ativas. O ensino médico vem se desenvolvendo e avançando muito e essa parceria com ela vai nos colocar na vanguarda do ensino médico nacional. Tenho certeza que os nossos alunos e a nossa comunidade acadêmica usufruirão dos frutos do trabalho dessa grande profissional”.
 

Para o professsor da faculdade de Medicina do UNIFAGOC, doutor Angelo Atalla, essa iniciativa o deixa otimista e com expectativa. “Será um ganho de qualidade e se refletirá em uma maior produtividade do curso. Mesmo com tantos anos de magistério me sinto um novato participando deste projeto", confessa. Para ele, que ministra a disciplina de Hematologia desde a primeira turma, "a avaliação externa do curso é extremamente saudável".  

 


Foto: Doutor Angelo Atalla no laboratório de Patologia do curso de Medicina do UNIFAGOC.



Entre as ações de atualização do PMA, está previsto a definição de estratégia de avaliação externa para todos os alunos do curso, aplicação de simulados em geral, revisão da Matriz Curricular da graduação, bem como a carga horária, reestruturação do modelo avaliativo do Internato, análise e avaliação para alteração da metodologia das aulas exclusivamente conteudistas, entre outros pontos.
 

“A gente espera conseguir integrar melhor o curso aos serviços assistenciais da cidade de Ubá e dos municípios vizinhos, incluindo hospitais, unidades básicas de saúde, unidade de atendimento secundário, unidades de pronto atendimento,  serviços de urgência e emergência, entre todas as áreas médicas que tenham alguma atuação no curso. Em contrapartida, contribuir para uma melhoria de qualidade e quantidade de atendimento desses serviços”, completa o diretor da faculdade de Medicina do UNIFAGOC, o professor doutor Filipe Andrade.

 

"Acredito que os alunos se beneficiarão da implementação das propostas com a otimização das atividades de ensino nos diversos cenários de prática e dos processos  avaliativos mais estruturados que lhes proporcionarão uma formação integral dentro dos preceitos das diretrizes curriculares nacionais. Como partícipes e também responsáveis pela própria formação é importante que o engajamento  estudantil  seja  efetivo nas atividades propostas e o envolvimento de todos, estudantes e docentes, ocorra em um clima de parceria com foco em uma formação médica  de excelência", ratifica Sandra Helena.

 

MEDICINA UNIFAGOC EM AÇÃO

 


Foto: O egresso do curso de Medicina do UNIFAGOC, Matheus Costa Cabral, em uma das salas do Real Lab. 

 

Para o recém-formado, o doutor Matheus Costa Cabral, a Instituição nunca parou de investir e crescer. “Acompanhei todos os processos de perto. Eu vivenciei isso tudo. Sou da segunda turma e fico muito satisfeito de ver esse crescimento da Instituição que me formou médico. Eu tenho certeza que esse crescimento será constante”, garante o profissional que já atua nos hospitais de Ubá e da região. 

 

Outro ex-aluno que também já está atuando na área médica, o doutor Marcelo Torres Santiago, afirma que “o UNIFAGOC proporcionou uma graduação em Medicina que qualquer faculdade de Medicina do Brasil fica equiparada. Temos o Centro de Simulação Realística (Real Lab) - considerado o maior da Zona da Mata Mineira, professores mestres e doutores, entre outros diferenciais que influenciaram muito em nossa formação. A gente se sente preparado para enfrentar o mercado de trabalho”.