Atendimento via chat
Atendimento via chat

Fagoc promove evento em comemoração ao Dia Nacional do Surdo


 

 

O Núcleo de Acessibilidade Fagoc, em parceria com os cursos de Pedagogia e Medicina da instituição, promoveu um evento em comemoração ao Dia Nacional do Surdo, na segunda-feira, 24 de setembro.

Clique aqui e confira a galeria de fotos.

 

Além de celebrar a data, a ação foi realizada com o objetivo de destacar a Língua Brasileira de Sinais (Libras) enquanto uma língua oficial no país. A programação, realizada no auditório Ary Barroso, campus Fagoc, foi iniciada com a apresentação de um Coral de Libras, formado por mais de 70 alunos dos cursos de Pedagogia e Educação Física da Fagoc. Confira a performance completa no vídeo abaixo...

 

 

A iniciativa contou também com a palestra Libras no curso de Medicina: sinônimo de inclusão e prelúdio de uma saúde com qualidade, em que estudantes de Medicina destacaram a importância da língua no atendimento ao surdo na área da saúde.

 

“O atendimento em Libras ao paciente surdo corrobora para que a assistência na área da saúde seja qualitativa, eficiente e de excelência, visto a necessidade precisa, principalmente de interação social entre médico e paciente no que concerne à comunicação propulsora para o diagnóstico e terapêutica”, explica a professora da disciplina de Libras no curso de Medicina da Fagoc, Larissa Abranches.

 

A docente afirma ainda que os alunos aprendem “os sinais que são imprescindíveis para realizarem o atendimento ao paciente surdo com propriedade, assim como também se tornam conscientes acerca da identidade e cultura surda rumando à assistência imersa aos princípios de integralidade, universalidade e equidade, ancorados as bases humanistas e sócio interacionistas. Medicina Fagoc está sempre à frente! Os nossos futuros médicos estudam e apoiam a Libras!”
 

Assista ao depoimento do aluno Guilherme Avelar e da professora Larissa...

 

O evento contou também com depoimento da intérprete de Libras, Andreia Teixeira, que falou sobre experiências no campo de atuação.

 

A aluna de Ciência da Computação Evelyn Alves da Silva, que possui deficiência auditiva, também compartilhou sobre como ela descobriu a deficiência e sobre o apoio que recebe do Núcleo de Acessibilidade para o desenvolvimento na graduação. “O Núcleo faz muita diferença. Meu estudo é outro depois que comecei a receber esse apoio”, confirma Evelyn.

 

A aluna Evelyn compartilha sobre o apoio do Núcleo de Acessibilidade para superar os desafios de cursar faculdade e ter deficiência auditiva. Na foto, a estudante está ao lado da coordenadora do Núcleo de Apoio ao Estudante (NAE) da Fagoc, Adriana Mollica e do intérprete de Libras, Isac Haber.

 

Os participantes puderam conferir, no hall de entrada do auditório, uma exposição de brinquedos pedagógicos adaptados, produzidos pelos alunos do 6º período de Pedagogia. Confira, no vídeo, a cobertura completa feita pela equipe da TV Fagoc e o primeiro vídeo produzido pela faculdade com janela de libras...