Atendimento via chat
Atendimento via chat

Intercambista peruano é recebido por alunos de Medicina Fagoc


 O peruano Hanry Vega ficou hospedado em casas de alunos da Fagoc e realizou estágio no Hospital São Vicente de Paulo.

 

Os alunos do curso de Medicina da Fagoc receberam um intercambista por meio do Programa de Intercâmbio Internacional, promovido pela International Federation of Medical Student’s Association (IFMSA).

 

O peruano Hanry Vega, que também cursa medicina, ficou durante o mês de fevereiro na cidade de Ubá, hospedado nas casas dos alunos Alex Goyatá e Joyce Fernandes. “Foi uma troca de experiências muito boa. Nós conversamos bastante, falei de como são as faculdades de medicina aqui no Brasil e ele me contou como são em seu país”, afirma Alex.

 

Durante sua estadia, Hanry realizou estágio no Hospital São Vicente de Paulo, em Ubá, onde pôde conhecer o departamento de clínica e nefrologia, conduzido por seu tutor, o professor e médico doutor Valério Hipólito.

 

Na foto, a aluna Letícia Vieira, o peruano Hanry Vega e a estudante Layla Vieira

 

O universitário peruano também teve a oportunidade de conhecer o campus da faculdade, todos os laboratórios disponibilizados para os cursos da saúde e a Biblioteca Antônio Olinto, acompanhado das alunas responsáveis por intercâmbios internacionais do Comitê Local IFMSA Fagoc, Letícia Vieira e Layla Vieira.

 

IFMSA Brazil 

 

A IFMSA Brazil é parte da comunidade mundial da IFMSA, maior organização estudantil do planeta, que congrega acadêmicos de medicina de mais de 120 países. Fundada em 1991 como primeira Associação vinculada à IFMSA.

 

Em 2014, a Fagoc filiou-se à IFMSA BRAZIL e, desde então, o Comitê Local Fagoc desenvolve diversas atividades entre os acadêmicos e a comunidade local. A faculdade conquistou o direito de receber e enviar intercambistas em novembro de 2017.

 

Letícia destaca que a Fagoc dá total apoio aos intercâmbios nacionais e internacionais da IFMSA e que o aluno regularmente matriculado no curso de Medicina da faculdade pode ser um intercambista, em qualquer período. Para isso, basta entrar em contato com o Comitê e avaliar as possibilidades.

 

“Recebemos suporte tanto dos professores do curso, os quais se oferecem como tutores para receber intercambistas, quanto da coordenação da faculdade, que sempre esteve aberta ao diálogo com nosso Comitê e sobretudo da coordenação da medicina, a qual permite que resolvamos todas as pendências e compareçamos aos eventos nacionais para representar a faculdade, inclusive com apoio financeiro e auxiliando nas burocracias necessárias”, completa Letícia.

 

Vale lembrar que em 2018, os alunos do curso de Medicina da Fagoc receberam os franceses Emmy Louveton e Thibaut Capelli, os primeiros intercambistas que vieram por meio da IFMSA.

 

 



Intercambista peruano é recebido por alunos de Medicina Fagoc

Facebook