Atendimento via chat
Atendimento via chat

Pesquisa usa Acelerômetro para verificar fatores de riscos cardiovasculares em universitários


Pesquisa liderada pelo professor do curso de Medicina da Fagoc Doutor Wellington Segheto será reforçada com uso de aparelho que permite quantificar e qualificar o comportamento de uma pessoa durante o dia, esteja esta sedentária, ou em atividade física.

 

O aparelho é popularmente conhecido como Acelerômetro. Wellington recebeu algumas unidades como doação de seu co-orientador de Doutorado.

 

(Professor de Medicina da Fagoc Wellington Segheto)

 

                   

(Equipamentos recebidos por doação)

 

O dispositivo eletrônico é parecido com um relógio e mede a aceleração do movimento corporal, permitindo quantificar de forma objetiva a frequência, duração e intensidade da atividade física.

 

 

 

O fato de nós termos conseguido esse equipamento e a possibilidade de utilizarmos vai ser excelente para dar um diferencial na nossa pesquisa. Com ele temos uma medida mais fidedigna da prática de atividades físicas, quando comparado a questionários”, explica Wellington.


 

A pesquisa científica conta com a participação de cinco alunos do curso de Medicina da Fagoc e tem por objetivo verificar fatores de riscos cardiovasculares em estudantes universitários.

 

Na primeira fase do estudo foram coletados cerca de 800 questionários. Na segunda etapa, em andamento, os estudantes estão coletando medidas antropométricas e avaliando históricos de comportamentos de riscos dos participantes. A coleta de dados está acontecendo às quartas-feiras, na sala 76, das 19h às 20h40. 

 

Na terceira etapa, os participantes irão usar o acelerômetro durante quatro dias, para avaliar todas as atividades físicas realizadas.