Atendimento via chat
Atendimento via chat

Sistema Integrado de Proteção dos Mananciais é lançado em Ubá e Fagoc é parceira


Foi lançado em Ubá na noite dessa quarta-feira (4), na sede do Sindicato dos Produtores Rurais, o Sipam (Sistema Integrado de Proteção dos Mananciais), que, com investimento de R$ 80 mil pela Copasa (Companhia de Saneamento de Minas Gerais), pretende até o fim do ano implantar as primeiras ações de proteção de 10 mananciais do Ribeirão Ubá e Ubá Pequeno, que abastecem a cidade.

Representada pelo diretor-administrativo-financeiro da Fagoc (Faculdade Governador Ozanam Coelho), Clécio Giorni, e pelo coordenador de Marketing Leonardo Gomes, a faculdade será parceira do projeto, integrando a subcomissão Educação Ambiental, juntamente com a Secretaria Municipal de Educação.

Clécio Giorni elogiou a implantação do Sipam em Ubá. “Vejo com bons olhos, uma vez que ele é de suma importância para a sustentabilidade ambiental. Vamos usar toda a nossa estrutura para difundir, educar e levar essa mensagem do Sipam e tornar realidade esse projeto de preservação do meio ambiente e principalmente da melhoria da qualidade da água na região”, afirmou o diretor.

Clécio lembrou que recentemente a faculdade lançou o projeto Ambiente Fagoc - Instituição em defesa da responsabilidade ambiental e um dos compromissos é justamente ações para a revitalização do rio Ubá. “Vamos receber o material de divulgação e educação que está sendo preparado pela Copasa e se possível produziremos conteúdo para agregar esse trabalho. Dentro dos compromissos do Ambiente Fagoc faremos o nosso papel”, comentou Clécio Giorni, ao lado da secretária Municipal de Educação, Rosa Araújo, que elogiou a iniciativa. “Nessa esteira de conhecimento, a Fagoc vem realizando um trabalho de interação com a comunidade, fazendo com que o conhecimento se popularize”.

Através do Sipam, projeto que a Copasa tentou implantar em Ubá em 1990, a empresa pretende buscar a compatibilização das atividades econômicas existentes nas bacias hidrográficas com a preservação do meio ambiente, garantindo o desenvolvimento sustentável da região.

Participaram da reunião representantes da Copasa, da Emater (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural) e do IEF (Instituto Estadual de Floresta), assim como representantes da sociedade civil.

Além da subcomissão Educação Ambiental que a Fagoc integra, foram criadas as subcomissões Nascentes e Fossas Sépticas. Segundo dados do Igam (Instituto Mineiro de Gestão das Águas), Ubá detém a segunda pior água de Minas Gerais, provenientes dos mananciais.

Agência de Notícias da Fagoc (ANF)
Coordenador: Artur Moreira (Mtb: 2.579)
Monitores: Daniela Durigueto e Rafaela Namorato
Faculdade Ubaense Ozanam Coelho
Rua Dr. Adjalme da Silva Botelho, 20
Bairro Seminário - Ubá - MG - 36500-000
Mais informações: (32) 3539 5600
www.fagoc.br