Atendimento via chat
Atendimento via chat

UNIFAGOC antecipa colação de grau dos alunos da primeira turma de Medicina

Formatura estava prevista para acontecer em julho e foi antecipada devido a situação de pandemia da Covid-19.



Foto registra primeiro dia de aula da primeira turma de Medicina do UNIFAGOC, em agosto de 2014.

 

37 novos médicos. Esse é o número de alunos que já receberam o certificado de conclusão do curso de Medicina do UNIFAGOC nos dias 16 e 30 de abril. Os novos profissionais puderam antecipar a formatura em razão da Medida Provisória (MP) nº 934/2020, publicada no dia 1º de abril em decorrência da pandemia da Covid-19. 


As fotos podem ser conferidas aqui.

 

Em razão do isolamento social, o ato de colação de grau aconteceu de forma individual para cada aluno, com dia e hora marcada, realizada perante a representante do Conselho Superior da instituição. Foi respeitada a distância mínima de dois metros para cada pessoa e todos com a utilização de máscara de proteção. 

 

 

Confira na íntegra o depoimento dos diretores e professores da graduação deixaram para os novos profissionais. 

 

"Queridos alunos, percorremos juntos caminhos que a vida nos oferecera por 6 anos. Não gostaria de relembrar as dificuldades e desafios superados, mas oferecer breves sugestões com a autoridade que prévias e sinuosas trilhas me concederam – tenham Liberdade, exerçam a Caridade e vivenciem o Amor. 

A Liberdade nunca foi concedida a ninguém. Deve ser conquistada. Portanto, conquistai-a com brutalidade e doçura. Sede disciplinados em todos os aspectos de vossas vidas e só permiti-vos exceções em sua profissão quando conquistardes a legitimidade que a experiência provê. A Liberdade é filha da disciplina, não das vontades. Sede doce no rigor com vossas vidas... senti a brisa livre e gentil nos fardos do dia a dia. 

A Caridade não é um dever. É uma escolha que podeis exercer pelo privilégio de servir às pessoas. Sinto-me obrigado a recorrer aos “ditos populares” e ressaltar que, ao fazer a opção pela caridade, provavelmente recebereis  mais do que oferecereis. 

O Amor é a graça derradeira. Deverá ser o norte de todas as vossas ações. Mesmo quando as tentativas falharem, as opções se esgotarem e a morte vencer vossas limitadas capacidades, o amor prevalecerá – o amor pela sua profissão, pelo seu semelhante; o amor que aquela família, momentaneamente dilacerada, terá por vós... e o amor que emanais pela suavidade de vossas palavras, gestos e, principalmente, vossos toques na pele de quem confiou a vida em vós".  

Diretor do curso e patrono da turma, doutor Filipe Moreira de Andrade.


 

"Primeira turma de Medicina da UNIFAGOC de Ubá! Que peso, hein, meus ex-alunos e agora colegas!

Estou aqui para parabenizar vocês pela formatura e desejar um começo exitoso. Sim, um começo, pois agora se inicia uma nova etapa. Vocês são grandes e esta conquista vai impulsionar outras buscas e novos desafios. Nunca aceitem pouco dessa profissão! Foram preparados para brilharem e não podem se contentar com menos que isso. Eu acredito em todos vocês. Eu SEMPRE acreditei!

Todos sabem como eu me sinto em relação a meus alunos, a alegria e emoção em ter sido homenageado como nome da primeira turma. Uma passagem do Professor Rafael Falcón representa bem a minha identificação com esta turma 'Um professor que não se sente pai do seu aluno não é professor de modo algum. Um professor é um segundo pai, um pai delegado. Não tem direito de ser um professor quem não ama seus alunos'.

Felicidade e sucesso!"

Diretor do curso e nome da I Turma de Medicina, doutor Renato Gomes. 


 

"Espero que todos vocês encontrem, agora como médicos, os meios para conseguirem atingir a finalidade real que os fizeram escolher o curso de Medicina. Mas isto eu apenas espero.

 O que eu desejo, de verdade, é que essa finalidade seja algo maior do que apenas ganhar dinheiro, ser reconhecido, ser feliz, ter qualidade de vida, etc... Eu desejo que a Medicina, através do trabalho diário a serviço dos doentes, os aproximem de Cristo."

 Diretor do curso e paraninfo da turma, doutor Bruno Farnetano.

 

"Nós acompanhamos esses alunos desde o primeiro dia de aula no nosso curso de medicina. Então a gente consegue enxergar as mudanças e os aprendizados ao longo de cada etapa do curso. Então vê-los chegar ao final dessa jornada nos emociona certamente. Eu pessoalmente faço votos que eles nunca percam a vontade de aprender e de servir e de ser cada vez melhor."

Diretora e professora do curso, Andressa França.